20.ª noite do fado organizada pelos Lusitanos de Paderborn

No passado dia 17 de novembro de 2012 realizou-se a 20.ª noite do fado organizada pelos Lusitanos de Paderborn, na Kulturwerkstatt em Paderborn.

Este ano, a fadista convidada foi Ana Laíns, que encantou os presentes com a sua sublime voz e presença em palco apresentando o seu último álbum Quatro Caminhos. Este evento contou com a presença de mais de cerca de três centenas de portugueses e alemães, todos eles amantes do Fado e da cultura portuguesas.

Não podemos deixar de felicitar o Sr. Artur Domingues pela realização de mais este evento magnífico.
Artur Domingues, filho de portugueses, nasceu em Coimbra no ano de 1962 e sempre foi um português de corpo e alma que tem sido extremamente ativo não só na aproximação da língua e cultura portuguesas junto da comunidade portuguesa residente na Alemanha, como também na divulgação da mesma junto da comunidade alemã.

Ana Laíns

Ana Laíns, nascida em Tomar, cantou o seu primeiro fado aos quinze anos de idade, após ter vencido a Grande Noite do Fado de Lisboa em 1999. Desde então decidiu fazer a sua carreira musical.
Em digressão pela Europa, trouxe o Fado até à Kulturwerkstatt em Paderborn, interpretando os temas do seu álbum “Quatro Caminhos”. Assim, os presentes foram privilegiados com a temática vida e as suas várias perspetivas. As letras das suas canções são de Natália Correia, do uruguaio Rúben Darío e do brasileiro Carlos Drummond de Andrade. E o tema “Não sou nascida do fado”, é uma estreia sua como escritora e uma homenagem ao fado. Ana Laíns considera-se “filha de um país magnífico, com uma cultura musical muito rica e inspiradora” e afirma ser “o resultado deste amor por uma portugalidade que foi, ao longo da história, provando que se pode ter uma identidade com tantas cores.”

Gerações

O grupo Gerações animou igualmente a 20.ª noite do Fado. A encantadora e magnífica voz de Elisabete Ferreira, acompanhada pelos músicos Ivo Guedes, João Inocêncio e Vítor Fonseca trouxeram o Fado até Paderborn. As suas canções relembraram os presentes das condições sociais existentes, bem como a tristeza, a saudade, o amor e o ciúme anseiam por dias melhores. O grupo Gerações conseguiu assim oferecer um repertório variado que agradou a todas as gerações presentes nesta fantástica noite de Fado organizada pelos Lusitanos de Paderborn.

Observatório da Emigração

[ clique na imagem ]

Promover Portugal